Seminário Campinas

Seminário Presbiteriano do Sul: canteiro de obras como ambiente de ensino, pesquisa e extensão.

Em 2004 a Universidade Presbiteriana Mackenzie instala, no mesmo terreno do Seminário Presbiteriano do Sul, o seu campus de Campinas, nesse processo inicia-se o interesse nas ações de conservação e restauro das fachadas do edifício de 1949, inspirado nas igrejas americanas e composto por elementos da arquitetura clássica grego-romana.

IMG_0140.JPG

A pesquisa divide-se em dois seguimentos complementares:

1- Registro das ações de restauro das fachadas do edifício;

  • metodologia de registro levantamento do histórico da edificação e da região, sua evolução urbana, situação atual e os efeitos da obra de restauro.
  • produção de um livro, que apresentará as singularidades do patrimônio, não só por seu valor formal, mas também pela sua relevância cultural e seu significado para a memória da cultura presbiteriana e da cidade de Campinas.

2- Experimentação de técnicas não invasivas para levantamento de danos e patologias de edifícios preexistentes.

  • obra como estudo de caso e instrumento de ação no processo de ensino-aprendizagem do curso de arquitetura e urbanismo,
  • atividades e ações experimentais, laboratoriais e de formação.
  • Uso de estratégias e ações pedagógicas inovadoras, para incorporação de práticas de investigação no acompanhamento de obras, levando o canteiro a cumprir um papel mais abrangente: centro de produção de conhecimento e extensão à comunidade
Anúncios